12ª edição dos Prémios Arco-Íris

Os Prémios Arco-íris 2014, uma iniciativa da Associação ILGA Portugal, serão entregues no sábado 10 de janeiro de 2015 no Teatro do Bairro, a partir das 21h30, numa cerimónia conduzida por Ricardo Araújo Pereira e que contará com a participação musical de David Fonseca.

A 12ª edição destes Prémios celebra, uma vez mais, pessoas e instituições que se distinguiram ao longo do ano de 2014 na luta contra a discriminação em função da orientação sexual e da identidade de género. Para a ILGA é fundamental realçar e divulgar exemplos positivos que marcam que a luta contra a discriminação é e deve ser de todas as pessoas - e instituições.

premiad@s

António Simões

António Simões lidera o HSBC no Reino Unido - e é um homem gay que faz questão de o afirmar.

Daniela Mercury

A visibilidade e o orgulho de Daniela Mercury continua a marcar Portugal, um país em que o armário da vergonha ainda é infelizmente o lugar de várias estrelas lésbicas, gays ou bissexuais.

Direitos de todas as crianças: Instituto de Apoio à Criança e UNICEF Portugal

Duas instituições que são referências absolutas na história dos Direitos das Crianças e dos Direitos Humanos em Portugal e que foram muito claras durante o debate sobre a coadoção, dando voz a muitas crianças que deviam ter sido a preocupação central neste processo.

Munícipio de Lisboa

Plano de Plano de Ação dos Direitos Sociais 2014-2017, Dia Municipal para a Igualdade, novo Centro LGBT, Arco-íris no Jardim... as iniciativas da Câmara Municipal de Lisboa, Juntas de Freguesia e EGEAC mostram o quanto o compromisso com a igualdade do Município de Lisboa foi reforçado em 2014.

"Gisberta"

A peça 'Gisberta', da autoria de Eduardo Gaspar, numa fortíssima interpretação de Rita Ribeiro, mostra-nos a dor de uma mãe que perde uma filha, mas mostra-nos também a força do preconceito transfóbico - e não nos deixa esquecer a violência do resultado.

Conselho Português para os Refugiados

Portugal passou recentemente a conceder efetivamente o estatuto de refugiado a quem é alvo de perseguição em função da orientação sexual ou identidade de género. Para muitas e muitos requerentes de asilo, o mundo é um pouco mais arco-íris por causa do CPR - e o seu trabalho faz toda a diferença.

Cerimónia e festa

A cerimónia de entrega dos Prémios Arco-Íris é uma oportunidade para conhecer as/os premiadas/os do ano de 2014 e celebrar os seus contributos e tem lugar no dia 10 de janeiro, no Teatro do Bairro, em Lisboa, a partir das 21h30.

Entrega dos Prémios Arco-íris com apresentação de Ricardo Araújo Pereira

Atuação de David Fonseca integrada na cerimónia

a partir das 23h30 | Batalha de DJs: Bandida Vs. Almada Guerra

Entrada livre para a cerimónia; após as 00h00, serão cobrados 3€ para a entrada na festa.


Troféus: criação de Susana Mendes Silva

O trabalho de Susana Mendes Silva (Lisboa, 1972) integra uma componente de investigação, e de prática arquivística, que se traduz em obras cujas referências históricas e políticas se materializam em exposições, acções e performances através dos mais diversos meios de produção. O seu universo contempla e reconfigura contextos sociais diversos sem perder de vista a singularidade do indivíduo. A sua intimidade psicológica ou a sua voz são inúmeras vezes veículos de difusão e recepção de mensagens poéticas e políticas que convocam e reactivam a memória dos participantes e espectadores.

Das exposições e projectos mais recentes destacam-se: a curta metragem Disorder em co-autoria com Maria João Guardão; a exposição Rectangle Disorder, e a série de performances em co-autoria com Miguel Pereira (Fundação Leal Rios, Lisboa); Langages: Entre le dire et le faire, (Fondation Calouste Gulbenkian et programe Chantiers D'Europe: Lisbonne-Paris, Paris, 2013); Hetero q.b. (Museu do Chiado, Lisboa, 2013); Audio description (em co-autoria com Abdul Moimême, Ciclo Vinte e Sete Sentidos, Associação Granular, Culturgest, 2013), Virgínia, Dâmaso, Emílio e Teófilo (Espaço Campanhã, Porto, 2012); 69-12 (Empty Cube, Colégio das Artes, Universidade de Coimbra, 2012); Trama - Festival de Artes Performativas (Fundação de Serralves, Porto, 2011); a publicação Reporter X (com a participação de Ana Nobre de Gusmão para Obra de PapelGuimarães Capital da Cultura, 2011); e The Tell Tale Heart: Part II (James Cohan Gallery, New York, 2010).

Susana estudou Escultura na FBAUL e frequentou o programa de doutoramento em Artes Visuais (Studio Based Research) no Goldsmiths College, Londres, tendo sido bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian. É Doutorada em Arte Contemporânea, pelo Colégio das Artes da Universidade de Coimbra, com a tese, orientada pelo Prof. Doutor António Olaio, baseada na sua prática performativa – A performance enquanto encontro íntimo. É Professora Auxiliar na Universidade de Évora (DPAO) leccionando no curso de Arquitectura Paisagista desde 1999.

website


Contactos

Teatro do Bairro
Rua Luz Soriano, 63 | Bairro Alto | Lisboa

Associação ILGA Portugal
Rua dos Fanqueiros, 38, 3ºesq. | Lisboa
www.ilga-portugal.pt
facebook.com/ilgaportugal